• patymariacouto

5 minutos importam para quem?



Um texto sobre RESPEITO, para a reflexão de famílias de crianças pequenas. Ontem à noite, na hora de deitar, chamamos nossa filha (de quase 3 anos) para vir para o quarto.

Estávamos arrumando as coisas para dormir, e ela na sala brincando com bonecas. Ela nos disse: "pela aí, já vou".

Chamamos novamente, enquanto estávamos em outro ambiente, e ela da sala falou de novo: "pela aí".

Falamos que era hora de dormir. Meu marido foi até a sala e falou para ela vir "AGORA". Ela caiu no choro!

(Até então, poderia ser somente uma "pirraça")

Eis que ao ir até a sala me deparo com a cena: ela acuada no canto da sala, repelindo o pai, pois foi ele que deu o comando... Ele explicando que estava tarde, que precisávamos dormir.

Resolvi perguntar por que ela estava tão triste, eis que ela responde: -"Eu não terminei de fazer minhas coisas."

Perguntamos: -"que coisas?"

Ela- "a neném não comeu a papinha, ela não pode dormir"

Falei: "vc estava dando comida para ela? Por isso está triste?"

Ela- "sim, vcs não me deixaram fazer minhas coisas, tenho que terminar"

Eu- "o que falta você fazer?"

Ela- "a neném não quer comer a papinha, mãe! Mas, ela precisa comer..."

Oferecemos ajuda, e fomos dar comida para a neném! (Estava com a boneca na cadeirinha, com panelinhas ao lado, potinhos e copo na mesinha da boneca- ou seja, tudo organizado para tal ato).

Não durou 5 minutos...

Ela feliz porque agora a neném já podia dormir!

Pegou a boneca e foi para o quarto conosco. Ela ainda disse que a neném não queria dormir, que a neném não gostava de dormir. (Papo para outro texto, de como brincadeiras nos ajudam a entender as crianças). Conversamos, junto com ela, explicando para a boneca que dormir também era importante.

E fomos tranquilos deitar!

5 minutos...

Por conta de 5 minutos a mais, uma criança sentiu-se respeitada, com apenas 5 minutos, fomos felizes juntos deitar, lindos minutos de amor, união e compreensão... Quantas vezes a nossa impaciência não torna as coisas mais complicadas? Quantas vezes nosso cansaço não nos permite ouvir um ser que também tem seus desejos, e nos impede de compreendê-los. Se tivéssemos pego ela no colo e levado a força para o quarto, ela teria feito pirraça, e agido como uma criança "difícil", chorado por muito mais que 5 minutos, se estressado, estressado a nós... Ia dormir todo mundo nervoso e irritado.

Teria valido a pena? Ela nos respeitaria mais pela autoridade? Eu penso que não. Conseguimos captar este momento, conseguimos respeitá-la! Acho que este exemplo vale mais que a "autoridade"! Quantos 5 minutos "perdidos" na verdade são GANHOS?

Vamos refletir em quantos minutos perdemos de verdade, pela impaciência de não "perder" 5 minutos...

A criança é um ser, merece respeito como todos os adultos. Merece ser ouvida!

Cada vez mais percebo que o respeito deles vem da admiração que tem por nós! Não digo para sermos permissivos, mas para tentar compreender... E paciência de explicar, explicar, explicar e explicar todas as regras e porquês de nossa sociedade, do que é importante...

A criança é um ser novo no mundo, e precisa de nós para ajudá-la a compreender tanta novidade!!! Desejo lindos e vários "5 minutos à vocês"!!! Com amor,

Patricia Couto

Mãe da Luana e Professora



Parents Like Me - Um espaço para falar sobre parentalidade com empatia e respeito.


Junte-se - Venha fazer parte da nossa rede de colunistas!

Youtube - Acompanhe nossos papos ao vivo!

PARENTS LIKE ME

 Um espaço para falar sobre parentalidade com empatia e respeito. 

NOVA TURMA! CONEXÃO FAMILIAR:

Conheça nosso novo curso online e aprenda como estimular seu filho a estudar com brilho nos olhos, ajude-o a lidar com suas emoções e conheça o seu Perfil Cognitivo.

Participar >

FIQUE POR DENTRO

TERMOS DE USO      |      POLÍTICA DE PRIVACIDADE      |      CONTATO

Parents Like Me - Um espaço para falar sobre parentalidade com empatia e respeito. 

Todos os direitos reservados ao Parents Like Me. Proibido a reprodução do conteúdo deste site sem prévia autorização. A Redação do Parents Like Me não se responsabiliza por conceitos emitidos em artigos e tópicos assinados ou por qualquer conteúdo publicitário e comercial, sendo este último de inteira responsabilidade dos anunciantes.

© 2023 Parents Like Me. Todos os direitos reservados.